unitri

Filtrar Por:

< Voltar

Clippings - 15/03/19

Karoon inicia novo processo de farm-out

Petroleira australiana tenta atrair parceiros para seus projetos na Bacia de Santos

A Karoon está conduzindo um novo processo de farm-out de seus ativos na Bacia de Santos. Ele engloba os blocos S-M-1037, S-M-1101, S-M-1102 e S-M-1165, todos operados pela companhia com 100% de participação. A petroleira australiana informou, em relatório publicado nesta quinta-feira (14/3) que um data-room com o material geotécnico das áreas será disponibilizado nas próximas semanas.

Projetos da Karoon na Bacia de Santos (Divulgação)

A Karoon reforçou que segue em busca de empresas de serviços e operadoras de FPSOs que queiram formar joint-venture para atuar no desenvolvimento das descobertas de Neon e Goiá, que estão localizadas nos quatro blocos em processo de farm-out.

O plano revisado de desenvolvimento dos campos prevê a perfuração de um poço em Neon que servirá de modelo para planejamento de poços futuros. A anexação dos campos de Goiá Sul e Neon Sul aos de Goiá e Neon foi aprovada em janeiro,e o plano de desenvolvimento dos ativos deverá ser enviado à ANP até julho.

A petroleira acrescentou que está em busca de novos ativos de exploração e produção no Brasil. Um dos alvos é o campo de Baúna, na Bacia de Santos, que está incluído no plano de desinvestimentos da Petrobras.

Portifólio

A Karoon possui 100% de participação nos blocos S-M-1037, S-M-1101, S-M-1102, S-M-1165, S-M-1166 e S-M-1537, onde estudos indicaram um prospecto principal com reservatório em rochas de alta porosidade e permeabilidade, como nos campos de Piracaba e Baúna. Todos os ativos ficam na Bacia de Santos.

Resultado financeiro

A Karoon registrou prejuízo de US$ 13,3 milhões no segundo semestre de 2018, reduzindo as perdas de US$ 28 milhões de um ano antes. A receita no período foi de US$ 15,7 milhões ante US$ 171 mil nos últimos seis meses de 2017.

Fonte: Revista Brasil Energia